NOTÍCIAS
Data de Publicação: 14-05-2019

ALBA: Direto do Plenário

Laerte do Vando congratula-se com aniversário de Nordestina
Os transtornos à população da Região Metropolitana de Salvador (RMS), em consequência das chuvas dos últimos dias, motivaram muitos discursos, na sessão desta segunda-feira (13), no plenário da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA). Os municípios de Lauro de Freitas e Simões Filho decretaram situação de emergência por conta dos estragos causados pelo mau tempo.
Os parlamentares se solidarizaram com os moradores que perderam seus pertences ou tiveram que abandonar suas residências. O deputado Eduardo Alencar (PSD), ex-prefeito de Simões Filho, abriu o pequeno expediente tratando do município do qual foi gestor por oito anos, lamentando o ocorrido. "Um momento difícil para os moradores de alguns bairros, como  Simões Filho I, Góes Calmon, CIA, Pitanguinha e Campo do Vasco, com os quais me solidarizo", afirmou Alencar, para quem a administração deve dar continuidade a iniciativas como as que ele empreendeu, como a reconstrução de canais e obras de drenagem.
Em comunicação inadiável, o deputado Jacó (PT) discorreu sobre o município de Lauro de Freitas: "As áreas mais pobres foram as que mais sofreram. Quero me solidarizar com a prefeita Moema Gramacho, que é uma mulher séria e que tem se dedicado a fazer uma gestão democrática e participativa e, no seu terceiro mandato, tem priorizado aqueles e aquelas que mais precisam". 
Olívia Santana (PC do B) associou-se à fala do deputado Jacó, solidarizando-se não só com a população, mas com lideranças que trabalharam para minorar os problemas do temporal. "Destaco a atuação da vereadora Luciana Tavares, que passou a madrugada ao lado da prefeita Moema Gramacho, buscando apoio, ajuda e amparo para a população que sofreu os impactos das chuvas torrenciais que caíram na cidade nesse último final de semana", relatou a comunista.

SAÚDE

O deputado Alan Sanches (DEM) defendeu que a prefeitura de Salvador volte a ter gestão plena dos recursos da área da saúde. O parlamentar explicou que, atualmente, a gestão da saúde no município é compartilhada: o município gere 40% dos recursos, e o governo do Estado fica 60%. No entanto, o modelo não estaria funcionando a contento, conforme explica o democrata. "O município faz, por exemplo, uma lista de solicitações ao Estado. Em seis meses, foram feitas cerca de 17 mil pedidos, mas apenas aproximadamente 8% do total foi atendido", disse. Para o legislador, somente a gestão plena pelo município pode melhorar o segmento na capital baiana.
Tom Araújo (DEM) fez críticas ao tratamento que o Governo do Estado tem dedicado aos professores das universidades estaduais, que estão em greve há mais de um mês. "É uma inversão de valores, cobra-se tratamento do Governo Federal, mas aqui penaliza-se o servidor com arrocho salarial. Os docentes não possuem aumento real em seus salários há mais de seis anos", discursou o democrata.
 
A deputada Jusmari Oliveira (PSD) destacou a realização da audiência pública pela Comissão dos Direitos da Mulher pela ALBA na última semana, quando compareceram o secretário de Segurança Pública da Bahia, Maurício Barbosa, e a secretária de Políticas para Mulheres, Julieta Palmeira, que apresentaram dados sobre a violência contra as mulheres e as políticas de enfrentamento do fenômeno. Em sua fala, a parlamentar reiterou sua sugestão para implantação de unidades da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) nas cidades de Luís Eduardo Magalhães, Santa Maria da Vitória e Bom Jesus da Lapa. A social-democrata ainda se comprometeu a disponibilizar emendas orçamentárias do seu mandato para auxiliar no custeio da construção das delegacias.
Líder da oposição, Targino Machado (DEM) mostrou-se preocupado com o avanço da dengue em Feira de Santana, onde, segundo informações repassadas ao deputado, já houve sete mortes, sendo uma por dengue hemorrágica. "A segunda maior cidade da Bahia, com mais de 600 mil habitantes, concentra cerca de 50% das notificações de dengue de todo o estado", alertou o parlamentar, denunciando ainda a falta de soro para hidratar os pacientes nas policlínicas do município. 
Em seu discurso, o deputado Robinson Almeida (PT) parabenizou o Esporte Clube Vitória pelos 120 anos de fundação comemorados nesta data, 13 de maio. ?É uma das grandes agremiações nacionais com dezenas de títulos baianos, recordista em títulos na Copa do Nordeste e a equipe que mais conquistas teve nos últimos 20 anos na Bahia?, descreveu o petista, ex-presidente do Conselho Deliberativo do clube rubro-negro. (Agencia Alba).
Foto: Divulgação/Agencia Alba

COMPARTILHE:
COLUNISTAS
PUBLICIDADE

Publicidade
Publicidade
Publicidade
TV ALBA

TV CÂMARA
LINKS
© 2006 - 2013 itamarribeiro - A Noticia Perto de Você – Itamar Ribeiro -Todos os direitos reservados
Editor: Itamar Ribeiro - (71) 9974-0449